Dicas Para Modificar

Papel de parede, tecido ou adesivo? Entenda as diferenças

Papel de parede, tecido ou adesivo? Entenda as diferenças

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Uma ótima opção para repaginar a sua casa sem enfrentar grandes obras e revoluções, mas que dá uma diferença incrível com certeza é aplicar uma estampa nas paredes! Com diferentes texturas e modelos disponíveis, os adesivos, tecidos e papéis de parede podem dar mais cor e vida a um quarto ou a uma sala, deixando o seu lar super estiloso – além de serem soluções simples, práticas e econômicas. Pode até parecer que não, já que esses acabamentos tem a mesma finalidade de revestir as paredes, mas eles tem sim bastante diferença nos quesitos de estética, durabilidade, aplicação e cuidados com cada material.

No Dicas para MODIFICAR de hoje, vamos esclarecer as principais diferenças entre todos esses acabamentos para te ajudar a escolher qual o ideal para sua casa.

Papel de Parede

É a mais tradicional das opções. O papel de parede tem algumas características bem marcantes: é aplicado com uma cola específica e, normalmente, precisa de algum profissional que conheça o trabalho para que o resultado final não apresente bolhas e com experiência para fazer os recortes e alinhar as faixas de papel uniformemente e manter o padrão do desenho escolhido. Não é difícil de aplicar, mas requer cuidado e atenção, caso vá dispensar o profissional. Para remover o papel de parede é preciso ter mais cuidado para que ele não danifique a pintura. Além disso, quando um pedaço do material se estraga, precisa ser trocado por completo para não haver alteração de tonalidade de cores.

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

A durabilidade do papel é de 3 a 10 anos, dependendo do material escolhido e se for bem aplicado. Existem os nacionais (mais simples e finos) e os importados (mais sofisticados e com gramatura mais grossa, com custo mais alto). Os papéis de parede são vendidos em rolos, geralmente com 10 metros de comprimento por 53 com de largura, porém outras medidas também estão disponíveis. Convém consultar as especificações de cada fornecedor antes de calcular a quantidade de rolos que utilizará. Existem três tipos de papéis de parede:

Tradicional

Feito de celulose (papel), possui aspecto liso e é adequado para aplicação em locais secos pois não é resistente à água. A superfície de aplicação deve estar regular e lisa. A aplicação deve ser feita com cola sobre o papel e a limpeza com pano úmido. A remoção deste tipo de papel deve ser feita após umedecido, para que se solte da parede mais facilmente.

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Vinílico

Feito de PVC, ele é mais resistente e impermeável, podendo ter o acabamento brilhante, acetinado, metálico ou com relevo. Pode ser aplicado em locais secos ou úmidos, em superfícies que possuem pequenas imperfeições. A limpeza pode ser feita com detergente e aceita ser esfregado com moderação. A aplicação é feita com cola sobre o papel e a remoção é por abrasão ou a seco.

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Tecido-não-tecido (TNT)

Feito de fibras de poliéster e celulose, é relativamente resistente à umidade. Sua aparência imita um tecido e pode ser aplicado em locais secos ou úmidos, podendo ser também em superfície irregular. É lavável com detergente e a aplicação é feita através de cola na parede. Sua remoção é a seco.

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Tecido

As vantagens de apostar no tecido de parede são praticamente as mesmas de apostar no papel de parede: variedade de estampas e texturas, fácil aplicação e a possibilidade de o tecido ser trocado caso o morador enjoe. A durabilidade depende da instalação e do uso, já que a exposição ao sol, por exemplo, pode desbotá-los. Para mantê-lo use apenas aspirador, espanador e pano seco. Evite colocá-los em locais úmidos, pois a cola tende a não segurar com a devida aderência. Os tecidos vêm em cortes mais largos que os papeis de parede, são mais resistentes, mas dão mais trabalho para serem instalados.

Recomenda-se que sejam aplicados em parede bem lisa e sem infiltrações. Os locais úmidos, como banheiros, cozinhas e áreas externas devem ser evitados, pois o contato da cola com a água pode fazer com que ela amoleça e perca o efeito. A aplicação pode ser feita com cola branca e auxílio de espátula, mas atenção: não cole mais de uma faixa no mesmo dia, espere secar a primeira, pois alguns tecidos podem encolher e criar emendas indesejadas.

O ideal é usar tecidos 100% algodão ou tecidos planos que não estiquem, sem elastano na composição, como o linho. Tecidos grossos são ótimas opções, por darem textura à parede e pela resistência a machas provenientes da cola. Tecidos muito finos, como a seda, se ficarem expostos ao sol, podem esfarelar.

Não recomenda-se o uso de tecidos em paredes de dormitórios principalmente para quem tem rinite, pois ele naturalmente acumula poeira. O pano pode também ser resistente à água e à sujeira. Para isso, basta aplicar impermeabilizante ou fazer um processo mais caseiro: cola branca e depois verniz.

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Adesivo

Para quem enjoa com facilidade da decoração, gosta de inovar constantemente ou precisa mudar de casa com frequência os adesivos de parede são a melhor opção, já que não precisam de mão de obra especializada nem materiais especiais como cola para fixá-lo, e podem ser removidos com facilidade. O custo é bem acessível se comparado com o papel de parede convencional. Na cozinha, por exemplo, os adesivos dão uma nova cara ao lugar. Eles também podem ser aplicados em diversos formatos nas paredes, mas geralmente, não fazem o papel de cobri-la por inteiro e sim, decorá-la pontualmente.

Hoje existem diversos tipos, desde os adesivos de tecido, os vínílicos que imitam o resultado de um papel de parede, adesivos para a azulejos ou também peças menores com desenhos e figuras. Eles são comercializados em diferentes formatos e tamanhos para atender a todas as necessidades. Esses últimos estampam diversos tipos de desenhos, como flores, árvores, nuvens, pássaros e frases, podendo ser coloridos ou preto&branco.

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Os adesivos vinílicos precisam de uma superfície plana para ser aplicado e pode formar bolhas de ar se não houver cuidado no momento da aplicação. A aplicação do adesivo de parede, apesar de ser simples, precisa que a superfície esteja plana e regular. Deve ser realizada com muita atenção e cuidado para que não forme bolhas de ar e não fique torto, evitando a necessidade de descolar o material da superfície com risco de rasgar ou perder a cola.

Além de apresentar o verso autoadesivo, na maioria das vezes ele já vem com espátula e manual com passo a passo para aplicação. Dessa forma, sua fixação é rápida, não faz sujeira, nem deixa cheiro indesejado. Para secar completamente demora aproximadamente 30 minutos. Para limpá-los, basta usar um pano úmido e detergente ou sabão neutro a cada 15 dias e semanalmente na cozinha para evitar a formação de gordura.

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest
Compartilhe